• Jornal LexPrime

Auditório da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência recebe mais de 600 pessoas

A ação conjunta de três secretarias estaduais busca a prevenção da gravidez de adolescentes

Hoje, 3 de março, aconteceu no auditório da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência o lançamento da campanha “Gravidez na Adolescência é para a vida toda”. A ação é uma parceira da Secretaria de Justiça, de Saúde e de Educação que visa a prevenção da gravidez de adolescentes.

A campanha busca o debate e a conscientização de alunos da escola pública e conta com 5006 escolas participantes que receberão o material, além disso, também foi aberto o concurso “Youtubers Conscientes e a gravidez na adolescência”, onde os adolescentes poderão concorrer gravando e compartilhando métodos contraceptivos de prevenção, disponível no site da Secretaria de Justiça (http://justica.sp.gov.br/).

O índice de gravidez na adolescência do estado de São Paulo é metade da média mundial, 22 a cada 1000. O objetivo da campanha é oferecer informação com qualidade causando reflexão e engajamento para que esse índice possa diminuir, dando acesso à informação, prevenção, apoio e acolhimento para esse público.

O evento contou com a presença de mais de 600 convidados e estiveram presentes a Secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, o Secretário da Justiça e Cidadania, Paulo Dimas, o Secretário da Saúde, José Henrique Germann e outras autoridades. A Secretária Célia Leão discursou na abertura e destacou: “Essa Secretaria é a casa de vocês também. Esse é o objetivo do nosso governador João Doria para o Estado de São Paulo, levar as políticas públicas para todos os que precisam. ”

Fotos: http://bit.ly/2Tzw5QX

Fonte: Secretaria do Estado de São Paulo da Pessoa com deficiência.

Leia mais:

  1. 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais promove leilão de mansão de ex-banqueiro

  2. Papai Noel com síndrome de Down mostra que criança não tem preconceito

  3. Planejamento Sucessório e Tributário: A diferença entre uma administradora de bens e uma holding patrimonial

0 visualização0 comentário