• Jornal LexPrime

Averiguação Prevent Senior

Após o @proconsp reiterar pedido de informações à Prevent Senior, proprietária da rede dos hospitais Sancta Maggiore, sobre notícias de óbitos por coronavírus ocorridos no mês de março em sua rede, a operadora de saúde não encaminhou os esclarecimentos necessários e satisfatórios.

A empresa, que tem entre a maioria de seus beneficiários pessoas consideradas nos grupos de risco da covid-19 por força da faixa etária, não detalhou a quantidade de leitos que possui e quantos são passíveis de conversão em UTI e deixou de encaminhar informações claras sobre a distribuição de seus consumidores por faixa etária, o que não aponta que a operadora esteja devidamente preparada para atendimento dos beneficiários de sua carteira.

O fornecedor tem o dever legal de comprovar que está habilitado ao atendimento de seu público e que tomou todas as medidas necessárias para garantia desse atendimento.

A conduta da operadora será encaminhada para a equipe de fiscalização para apuração de eventuais irregularidades e a possibilidade de imposição das sanções previstas no Código de Proteção e Defesa do Consumidor.

Veja mais informações sobre a primeira resposta da Prevent Senior ao @proconsp no link abaixo:

Fonte: Procon-SP

Leia mais:

  1. Yahoo e Facebook afirmam que empresas estão sujeitas à legislação americana sobre proteção de dados

  2. STJ suspende ação de contratos coletivos que discutem reajuste

  3. Prevent Senior responde ao Procon-SP

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo